sexta-feira, janeiro 22, 2010

Fui Violentada na minha cama e adorei

Meu nome é Bruna, tenho 18 anos, sou morena de olhos castanhos e cabelos bem pretos, 1,63m 54kg dizem que sou muito bonita pois gosto de me cuidar, e sempre vivo passando cremes pelo meu corpo e nas minhas pernas...meus seios são pontudinhos e minha bundinha é bem gostosinha. Minha bucetinha tá sempre aparadinha, pois gosto de ir à praia, mas ela tá peludinha, ultimamente.
O que eu vou contar aconteceu numa noite de verão, quando eu tinha acabado de fazer 16 anos. Era virgem e o máximo que fazia era beijar meus namoradinhos.
Eu moro numa casa bem velha, pois os meus pais não tem muito dinheiro para reformá-la. O meu quarto fica meio separado da casa principal, onde dormem os meus pais e tem uma janela daquelas antigas, tipo veneziana de madeira, meia estragada, que vive com o trinco quebrado e que dá para os fundos da casa, onde tem um matagal. Eu adoro o meu quarto, pois é onde eu brincava quando era criança e onde guardo as minhas bonecas.
Estava muito calor e eu fechei a porta com a fechadura, fiquei só com uma camisetinha e calcinha e fui dormir por volta de meia noite, pois estava com muito sono.
Acordei de madrugada, meio sonolenta, tendo a impressão que tinha mais gente no quarto, mas achei que era sonho.
Gosto de dormir de bruço, com a bundinha virada pra cima. Senti uma coisa quente e molhada na minha bundinha e ainda meio dormindo, coloquei a mão na bunda, e puxei a minha calcinha para cima, pois ela tava meio abaixada. Meio adormeci de novo e me virei do outro lado, e tive uma sensação de que a minha calcinha estava sendo puxada para baixo, mas eu estava com muito sono para perceber direito. Acho que me mexi na cama e deixei minhas pernas abertas e comecei a sentir uma coisa gostosa no meu sexo e pensando que era um sonho, abri mais as pernas, quando então uma coisa áspera e quente invadiu a minha buceta, me deixando toda molhadinha.
Demorei para perceber o que era, mas aí já era tarde. Acordei com 4 homens no meu quarto, me segurando e tapando a minha boca e um outro com a boca na minha buceta, me invadindo com a sua língua quente e molhada. Ví que a janela do meu quarto estava escancarada. Me chamaram de putinha gostosa e mostraram dois punhais e me falaram que se eu gritasse e fizesse cu doce, eu iria morrer. Com um punhal espetado na minha barriga, me perguntaram se eu iria colaborar.
Eu disse hum hum, pois estava com a boca tapada por uma mão grossa. Mal disse isso, o cara tirou a mão da minha boca e me deu um beijo, enfiando a língua grossa na minha boca. Logo arrancaram a minha camisetinha e fiquei peladinha, à mercê daqueles marginais. Com a luz fraca do luar que vinha pela janela, ví que todos eles tiraram as suas roupas e avançaram para cima de mim. Eu estava morrendo de medo.......Eles começaram a me apertar, chupar os seios, chupar minha buceta, minhas pernas, beijar minha boca, e meu cuzinho. Senti os membros enormes riscando minha barriga e as pernas...No começo eu estava meio passiva, até que levei uns tapas na bunda e na cara e mandaram eu participar. Levantei minha buceta na cara do sujeito que me chupava e ele de tanto que enfiava a língua e chupava meu clitóris, acabou me fazendo gozar e eu fiquei gemendo....
Um dos caras me fez abrir a boca e enfiou seu membro duro nela, e não demorou muito ele espirrou um líquido grosso e quente dentro que me fez engasgar um pouco, mas que tive que engolir, meio com nojo.
Um dos caras deitou por cima de mim e os outros dobraram meus joelhos, segurando meus tornozelos e ele se encaixou no meio das minhas pernas. Logo senti uma coisa dura e grossa passando na minha buceta e pincelando minha vagina, fazendo eu abrir mais as minhas pernas e ficando molhadinha....fiquei doidinha com aquilo e comecei a gemer. O cara me mandou eu pedir para ele meter aquilo em mim. Daí eu disse: Mete tudo, rasga o meu cabaço, me faz mulher e levantei um pouco a buceta, enquanto os outros me apertavam os seios e me chupavam o pescoço e minha boca. Senti a rola entrando em mim, muito dura e logo uma dor aguda me invadiu, mas não pude gritar, pois tinha um cara com o pau dele na minha boca. O cara rasgou o meu cabaço e enfiou todo o cacete em mim e começou a bombar bem rápido batendo o saco dele no meu cuzinho, o que foi ficando cada vez mais gostoso. Eu comecei a acompanhar aquele movimento e gemendo empurrava a buceta contra o pau dele, que metia em mim sem dó. Comecei a sentir o pau dele ficar mais grosso e logo ele espirrou a porra quente dele dentro de mim, me inundando todinha, fazendo eu gozar também.
Quando o cara saiu de dentro de mim, senti o meu sangue e a porra dele vazar da minha buceta e aí me viraram com a bunda para cima, com as pernas abertas. Um outro cara começou a forçar o pau contra o meu cuzinho, me lubrificando com o meu sangue e porra que escorriam da buceta. Um outro sujeito ficou de frente para mim, e sentando na minha frente, colocou o pau na minha boca, me mandando chupar bem gostoso, o que acabei fazendo, fazendo ele ficar com o pau bem duro e grosso. Eu lambia o pau todo dele, enfiava na boca, mamava, chupava. Senti o cara lá de trás estocar no meu cuzinho e forçar, e logo a cabeça do pau dele entrou no meu cuzinho, me fazendo gemer de dor. Devagarinho ele ia enfiando aquilo em mim e enfiou tudo. Ele ia e vinha bem devagar. Eu nem percebia direito, mas ele acabou indo até o fundo e voltando e foi aumentando os movimentos e eu ia empurrando a minha bunda para trás, quando ele enfiava......Ele acabou me enchendo de porra quente de novo, ao mesmo tempo que o outro cara gozava na minha boca e eu engoli tudinho com prazer...
Ao todo, acho que eles me invadiram umas três vezes cada um. Eu também gozava toda hora. Adorava quando eles gozavam dentro da minha buceta. Senti o meu útero ficar cheio de porra e depois ia escorrendo pelas minhas pernas. Fiquei muito cansada e eles também. Acho que eles foram embora quando o dia tava amanhecendo e falaram que se eu contasse alguma coisa para alguém ia apanhar muito e que eles iam dar um tempo para eu me recuperar e que voltariam. Acabei adormecendo do jeito que tava. Quando acordei lá pro meio dia, com minha mãe batendo na porta, disse já acordei mãe, vou tomar banho para almoçar. A minha cama tava um ninho de rato. Tinha porra e sangue para tudo quanto era lado. Coloquei os dedos na minha buceta e no cuzinho e percebi que estavam doloridos e arrombados. Adorei. Mais uns dois ou três dias depois, eu não sentia mais nenhuma dor. Comecei a sentir falta dos caras. A partir de então, sempre que eu ia dormir, eu já deixava aquela janela escancarada e dormia peladinha, prontinha para ser violentada de novo, o que não demorou muito, e eu conto numa outra vez......Beijos......Bruna. Estou contando essa minha história para deixar os homens doidinhos. Adoro quando me chamam de gostosa na rua.

3 comentários:

  1. eu gostei teu conto gata beijoo ai vamos conhecer melhor 091 983611922 e tim meu e-mail e moacyr.farias94@gmail.com

    ResponderExcluir
  2. Estou a procura de mulheres afim de realizar a pratica da lactofilia, não precisa ter leite pois o importante é o momento..
    Mulheres vejam quais são os benefícios ao praticar este lindo ato...
    A mulher que amamenta sente-se mais segura e menos ansiosa;
    Amamentar faz queimar calorias;
    A amamentação protege do cancro da mama que surge antes da menopausa;
    A amamentação protege do cancro do ovário;
    A amamentação protege da osteoporose;
    A amamentação protege da anemia (deficiência de ferro).
    As mulheres que amamentam demoram mais tempo para ter menstruações, por isso as suas reservas de ferro não diminuem com a hemorragia mensal;
    Amamentar é muito prático! Não é necessário esterilizar e preparar biberões.
    Então mulheres espero que percam o medo, ou mitos da amamentação e vejam os beneficios.
    Espero que agora com estas dicas todas se empolguem ainda mais para a pratica, principalmente as que estavam receosas...
    Aguardo contatos... ccomecu80@gmail.com

    ResponderExcluir
  3. Estou a procura de mulheres afim de realizar a pratica da lactofilia, não precisa ter leite pois o importante é o momento..
    Mulheres vejam quais são os benefícios ao praticar este lindo ato...
    A mulher que amamenta sente-se mais segura e menos ansiosa;
    Amamentar faz queimar calorias;
    A amamentação protege do cancro da mama que surge antes da menopausa;
    A amamentação protege do cancro do ovário;
    A amamentação protege da osteoporose;
    A amamentação protege da anemia (deficiência de ferro).
    As mulheres que amamentam demoram mais tempo para ter menstruações, por isso as suas reservas de ferro não diminuem com a hemorragia mensal;
    Amamentar é muito prático! Não é necessário esterilizar e preparar biberões.
    Então mulheres espero que percam o medo, ou mitos da amamentação e vejam os beneficios.
    Espero que agora com estas dicas todas se empolguem ainda mais para a pratica, principalmente as que estavam receosas...
    Aguardo contatos... ccomecu80@gmail.com

    ResponderExcluir